Jubepar

A juventude e seus desafios hoje

Sem Comentários

A juventude e seus desafios hoje

Um tempo de celebração ou reflexão? Servindo a minha geração como pastor de juventude (adolescentes e jovens), gostaria que considerassem isto: Muitas pessoas tendem a pensar da juventude de hoje, como os líderes do amanhã. Mas as Escrituras nunca os coloca em tal categoria. Ela nunca instrui a esperar até que estejam mais maduros, conhecedores ou qualificados antes de começar a levar a Palavra de Deus a sério e a considerar quais são os planos e os propósitos que o Senhor tem para as pessoas.

De acordo com a Palavra de Deus, devemos ser líderes hoje, desejando sinceramente honrar e servir ao Senhor em todos os nossos pensamentos e ações. Paulo disse a Timóteo, um homem mais jovem na fé: “Ninguém despreze a tua mocidade, mas sê o exemplo dos fiéis, na palavra, no trato, na caridade, no espírito, na fé, e na pureza” (I Timóteo 4.12). Deus ordena especificamente, aos jovens, a serem líderes e a liderar pelo exemplo. Devemos entender as instruções de Deus para os jovens e deixarmos o mundo os ver crescer na caminhada espiritual com o Senhor.

Os jovens e adolescentes hoje, devem estar apaixonados pela igreja dos próximos anos, e apaixonados também pela juventude atual, que não só deve esforçar-se para viver uma vida exemplar agora, mas que também servem como líderes fiéis dentro do corpo de Cristo, a igreja. Entendo que seja preocupante, porque não é fácil viver neste mundo. Precisamos orar, porque a juventude cristã de hoje, muitas vezes não consegue entender que Deus deseja um relacionamento próximo e íntimo agora, uma relação que só acontece quando obedecemos as Escrituras. Infelizmente, nossa juventude, muitas vezes, se sente como se Deus somente usa ou fala por meio de Sua Palavra quando ela envelhecer. No entanto, esta não é certamente a verdade!

Eu sei que muitos adultos nem sempre são os exemplos corretos para a juventude seguir. Alguns são absolutamente hipócritas. Outros nem sequer parecem se importar com o que a Palavra de Deus tem a dizer. Outros podem realmente desejar seguir a Cristo, mas encontram-se mais interessados no que um indivíduo tem a dizer ou no que alguns programas têm para lhes oferecer e não o que a Palavra de Deus ensina. Hoje, como muitos crentes mais velhos tendem a ignorar o ensino da Palavra de Deus, a fim de serem aceitos pelos outros, os que são mais jovens estão testemunhando este trágico compromisso, este desprezo pela verdade bíblica.

Muitas vezes, muitos jovens seguem os passos dos nossos anciãos errantes e copiam suas atitudes não bíblicas e filosóficas de ministério. Talvez a nossa juventude sinta que deva adorar a Deus se unindo aos outros, mesmo que esses não concordem com ela sobre o que a Bíblia ensina. Talvez ela se sinta na obrigação de participar de uma igreja mais “viva”. Talvez também sinta que viver como o mundo, agir como o mundo, falar como o mundo e se vestir como o mundo, seja uma forma de testemunhar para os perdidos. Talvez a juventude sinta que ações exteriores realmente não importam para Deus, contanto que sejam sinceras e os seus motivos puros.

Quais são os maiores desafios enfrentados pela juventude cristã hoje? Existem muitos, mas os “top 10″ seriam:

  1. Personalizar/viver a sua própria fé;
  2. Viver em uma cultura anticristã;
  3. Pressões e tentações sexuais/pureza;
  4. Questões de identidade e autoestima;
  5. O divórcio e as questões familiares;
  6. Influência negativa da mídia;
  7. Decisões em relação ao estado (negócios);
  8. Figura de pai ausente;
  9. Falta de disciplina;
  10. Materialismo.

 

No entanto, apesar dos sinais misturados e exemplos pobres, muitas vezes criados por aqueles que nos rodeiam, jovens e velhos, Deus quer que nós o honremos, o obedeçamos e lideremos pelo exemplo. A Palavra de Deus não está em silêncio sobre o comportamento da juventude e o seu papel na Igreja e na sociedade. Acredito que, a juventude de hoje, deve considerar seriamente o que a Palavra de Deus tem a dizer-lhe. Estamos realmente considerando o que Deus quer que sejamos? Estamos apenas seguindo a multidão ou nos destacamos como aqueles que desejam ser fiéis e santos, apesar da hipocrisia em toda a nossa volta, por parte de adultos e outros jovens?

Andre Tavares

Pr de Juventude da IBB – Igreja Batista Bacacheri

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *