Jubepar

O Jovem Cris: um sonhador

Sem Comentários

O Jovem Cris: um sonhador

Numa cidade não muito longe daqui, havia um jovem muito parecido com os jovens daqui, seu nome era Cris. Cris morava em uma calçada que tinha por nome Conformismo e era como todo jovem; um sonhador.

Cris alimentava um sonho desde sua infância; ele queria alcançar o outro lado da rua, a calçada chamada Verdade, não só isso, mas ele queria alcançar uma loja especifica que ficava na calçada Verdade, a loja Intimidade com Deus, Cris achava aquela calçada e aquela loja bonita e alegre, bem diferente da sua tão sem graça e triste, ele só não conseguia entender uma coisa: – Porque existiam tantos jovens em sua calçada e tão poucos no outra? Era uma pergunta difícil de responder, contudo, ele passava seus dias sentado em sua calçada sonhando em estar do outro lado, ele via como lá as pessoas estavam alegres, elas demonstravam uma segurança, uma confiança, que não existia nesse lado de cá da rua.

Cris percebia uma movimentação diferente, pessoas atraentes e interessantes saindo e entrando naquela loja, ele sempre via uma senhora, bem idosa, mas cheia de vigor que entrava e saia da loja todas as horas, sempre com um sorriso no rosto.     Conforme aprendeu com aqueles que viviam estudando o lado de lá, alguns deles até já estiveram lá, mas sempre retornavam, eram poucos os que permaneciam do outro lado.  Aquela bondosa senhora tinha por nome Oração. Ele via também uma jovem que ensinava coisas aqueles que chegavam à calçada Verdade, seu nome, informaram a Cris: – Era Palavra de Deus. Existia ainda um senhor bem idoso que ficava sentado em uma cadeira velha em frente a loja. – Aquele. – Diziam ao garoto. – É o Compromisso, mas cuidado! – Alertavam. – Ele é muito exigente.

Existiam ainda inúmeras outras pessoas que viviam lá e tinham um bom relacionamento como o Senhor da loja, que ninguém havia visto, só aqueles que entravam nela, dentre esses estava: Comunhão, Amor, , etc. Cris dedicava seus dias a ouvir histórias da calçada Verdade e da Loja Intimidade com Deus e a sonhar em estar lá um dia. Mas era impossível, pois entre ele e o outro lado existia uma violenta avenida, era a Oportunidade. Ali passavam carros de todos os tipos e com todas as velocidades, era arriscado demais atravessar a avenida: – Melhor permanecer no conformismo. – Diziam ao jovem, que um dia se cansou dessa calçada e decidiu chegar até a Verdade.

Levantou de seu lugar e caminhou até a beira da Oportunidade, nesse momento um caminhão conhecido como Desista passou bem rente a ele, deixando apenas um rastro de vento atrás de si, mas Cris estava fixo no outro lado da rua, pois havia visto em um deslumbre uma luz que brilhava mais do que o sol dentro da loja.

Pisou na avenida e foi atrás de seu sonho, vindo ao longe buzinando estava uma combi conhecida como ansiedade que assustou o garoto e esse deu um salto para trás caindo de volta no conformismo. Ficou ali uns dois dias deitado no chão com medo da Oportunidade, mas tinha proposto em seu coração não desistir e foi mais uma vez firme e obstinado, passou por um fusca, o Medo. Passou por uma ambulância que vinha correndo e gritando, era o Cansaço e quando estava no meio da rua, uma moto que vinha costurando os carros passou em cima do seu pé direito, o que o fez uivar de dor, era a Decepção, então ele desistiu. E quando tentava voltar, passou bem em sua frente uma limusine preta chamada Derrota. Ficou perplexo com essa visão e ‘desistiu de desistir’.

Nesse momento uma daquelas pessoas do outro lado da rua percebendo que Cris estava perdido, veio até ele e lhe deu a mão para que pudesse caminhar até a calçada Verdade, como Cris já a conhecia não perguntou nada simplesmente deixou-se levar por ela. Era a . Assim Fé o deixou do outro lado em frente à loja. Cris calorosamente foi conduzindo para dentro por Oração e Palavra de Deus, não, contudo, sem antes de passar por Compromisso.

 

Talles Felipe

Pastor da Segunda Igreja Batista de Arapongas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *